The Inner Circle | App para quem procura relacionamento sério chega ao Brasil

Quem é solteiro certamente já passou por algum perrengue dentro dos aplicativos de paquera com algum perfil fake ou com aquele match que não era bem o que imaginava. Foi o que aconteceu com o holandês David Vermeulen, CEO e criador do The Inner Circle (TIC), um aplicativo para encontros que é totalmente diferente do que estamos acostumados.

Presente em 30 cidades e com 1,6 milhão de usuários, chegou a vez das maiores metrópoles da América Latina receberem o aplicativo, que promete mudar a maneira como o namoro online pode ser encarado.

De uma mágoa, nasce a ideia

O conceito do TIC começou quando, aos 35 anos, Vermeulen terminou um longo relacionamento. Ele passou a pesquisar sites de namoro online e descobriu que eles estavam muito preocupados com a quantidade. Ele acreditava que o namoro online seria o futuro, mas que deveria ser focado na qualidade dos “matches” e isso o levou a lançar o The Inner Circle em novembro de 2012.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Sem capital de financiamento ou investimento, o TIC cresceu para 1,6 milhões de membros em seis anos com apenas uma pequena equipe de 12 pessoas em Amsterdam, na Holanda, e Londres, na Inglarerra. Entre 2014 e 2017, sua receita cresceu 3.460% e, por isso, o negócio foi reconhecido como a empresa de tecnologia de crescimento mais rápido dos Países Baixos, sendo vencedor da Deloitte Technology Fast 50 em 2018.

Nesse pouco tempo de atuação, os números do The Inner Circle impressionam: mais de 10 mil casais informaram que se conheceram através do aplicativo; e mais de 300 cartões de noivado e casamento foram recebidos até o momento.

Foco na qualidade

Primeiro que, para participar do The Inner Circle, não basta fazer o download do app, o upload de fotos e sair dando likes por aí. O foco da ferramenta é proporcionar “matches qualificados”, ou seja, dar às pessoas a possibilidade de encontrar parceiros ou parceiras que tenham interesses parecidos e que, principalmente, sejam pessoas reais. Por isso, ao fazer o cadastro, sua ficha passa por uma triagem rigorosa até ser aprovada ou não.

“Minha preocupação foi em criar uma ferramenta que procurasse a qualidade e não a quantidade. Então, desenvolvemos um aplicativo que desse às pessoas a segurança para conhecer alguém que realmente lhes interessava”, comenta Vermeulen.

Feita a aprovação, é possível navegar normalmente pelo aplicativo, que tem interface muito amigável e fácil. A divisão dos perfis é feita aproximação, online, novos usuários ou todos que estiverem na plataforma. Além disso, existe um filtro no canto superior direito que pode deixar a busca por contatos mais de acordo com o interesse de cada um. O usuário também pode indicar amigos para utilizarem o app, o que também ajuda na triagem.

O segredo por trás dessas aprovações não está apenas no staff do The Inner Circle, que checa os perfis que vão solicitando entrada. Isso porque o app conta com um sistema baseado em inteligência artificial que faz uma espécie de filtragem para a aprovação da conta. Ele, por exemplo, é capaz de detectar se outra pessoa está com você na foto antes de fazer o upload. O sistema também analisa os dados do seu Facebook ou LinkedIn, que são as redes sociais que podem ser atreladas à conta no TIC.

Além disso, há uma série de lacunas para serem preenchidas. Evidente que, quanto mais detalhes sobre si você der, mais completo seu perfil será e maiores serão as chances de alguém te dar like ou te mandar uma mensagem.

Se descrever é importante (Captura de tela: Felipe Ribeiro)
Mostre suas preferências (Captura de tela: Felipe Ribeiro)

Aliás, por falar em mensagem, algo que chamou muito a atenção foi o fato de o aplicativo ser totalmente gratuito – pelo menos por enquanto. Ferramentas como Tinder, Happn e Ok Cupid apresentam opções de assinaturas e pagamentos em troca de algumas vantagens. No The Inner Circle, isso não acontece, confirmando a ideia do seu fundador de aproximar as pessoas. As mensagens e “piscadas” podem ser enviadas a qualquer pessoa, sem custo adicional. O TIC também mostra quem te visitou e quem te deu like.

Estímulo ao encontro

O fato de estar solteiro (a) já é um motivo mais do que suficiente para se estar aberto a um encontro, certo? Talvez. Isso, porém, pode trazer experiências bem desagradáveis, seja por um desentendimento, seja por uma incompatibilidade, ou até mesmo o famoso “bolo”, já que existem muitos perfis falsos nos aplicativos. Esses eventuais problemas podem, certamente, ser minimizados pelo The Inner Circle, já que ele conta com uma interface completa e segura para os usuários.

Mas, além desses recursos que tornam os matches mais atraentes e assertivos, o aplicativo possui maneiras de estimular os encontros pessoais. Além de, como citamos acima, permitir as mensagens entre os interessados de maneira gratuita, surgiu uma ideia – muito interessante, por sinal – de criar eventos para reunir os inscritos do aplicativo.

App mostra eventos que a empresa organizará nas cidades (Captura de tela: Felipe Ribeiro)

“Queremos realizar esses encontros de dois em dois meses aqui em São Paulo. É uma maneira que encontramos para movimentar mais os usuários e criar esse ambiente onde as pessoas possam se conhecer além do virtual”, comenta Vermeulen. “Vir para São Paulo e para o Rio foi o caminho natural, já que tivemos excelentes entradas em Nova Iorque e Londres”, completa. Os encontros serão sempre avisados dentro do aplicativo, com as entradas podendo ser adquiridas previamente.

Um evento-teste para marcar a estreia do aplicativo em São Paulo aconteceu na noite desta terça-feira (9). Na semana que vem, será a vez de Buenos Aires. O Rio de Janeiro também ganhou sua reunião, só que na última quinta-feira (4).

O The Inner Circle já pode ser baixado na Google Play Store e na App Store.

 

Read More